Heineken se tornará segunda cervejeira do país ao adquirir a Brasil Kirin



A cervejaria holandesa Heineken anunciou hoje que fechou a compra da Brasil Kirin Holding S.A., por 664 milhões de euros (US$ 704 milhões). O negócio a transformará na segunda cervejaria do Brasil. Saiba mais.

A Heineken vai adquirir a Brasil Kirin da japonesa Kirin, que fabrica a cerveja da marca e uma série de produtos farmacêuticos e químicos. A expectativa é que o acordo seja concluído ainda no primeiro semestre deste ano e a transação ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A negociação está em pauta desde o ano passado e abre um novo capítulo no setor de cervejas no Brasil. Ainda sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a nova companhia teria mais musculatura para disputar com a AB InBev, líder no país.

Enquanto a dona da Antarctica e Brahma detém cerca de 70% do mercado total, a Heineken poderá chegar a até 20% com a aquisição das operações da Brasil Kirin. A distância é grande, mas a briga tende a ser maior no segmento das cervejas premium e superpremium.

Controlada pela japonesa Kirin, a Brasil Kirin vinha reportando prejuízos. No ano passado, a perda foi de cerca de R$ 260 milhões. Ainda assim, o teve uma participação de 9% no mercado nacional e seu portfólio inclui marcas como a Schin e a Devassa, além de marcas importantes como a Eisenbahn, de origem catarinense e que ainda tem grande ligação com o Estado. A empresa também detém Baden Baden e Devassa, além de linhas de refrigerantes e água. Já a Heineken é dona da cerveja homônima e da marcas como Amstel, Kaiser e Bavaria.

O acordo marca a saída da Kirin do Brasil. O grupo japonês pagou cerca de 3,9 bilhões de dólares em 2011 por 12 cervejarias, mas o negócio depois perdeu fatia de mercado e teve custos elevados pela fraqueza da moeda local.

   
 

PROBLEMAS COM DIREITO EMPRESARIAL?

Trabalhamos na defesa dos interesses de pequenas e médias empresas, fale conosco. Aproveite e saiba mais sobre as nossas atividades em Direito Empresarial, leia nossos Artigos ou Notícias e saiba em quais cidades podemos atuar em seu favor, aqui.
 

 
 
 

Tags: 

Avaliar Conteúdo: 

Sem avaliações