Veículo furtado não deve pagar seguro DPVAT e débitos anteriores devem ser cancelados



Segundo decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, o Detran/DF deverá anular os débitos indevidos do Seguro DPVAT do proprietário de um veículo que fora furtado em 2013. É que, mesmo tendo comunicado aos órgãos responsáveis, a cobrança continuou sendo realizada ao proprietário, fato contrário à legislação local.  

SAIBA MAIS
A juíza do 1º Juizado de Fazenda Pública condenou o DETRAN/DF a anular os débitos referentes ao seguro DPVAT, cobrados indevidamente do proprietário de um veículo furtado em janeiro de 2013. Segundo a magistrada, a Lei Distrital 7431/85, artigo 1º, parágrafo 10, que prevê a não incidência de IPVA em caso de furto, roubo ou sinistro de veículo, quando registrados em ocorrência policial, deve ser estendida também à cobrança do DPVAT.

O autor contou que seu veículo foi furtado no dia 31/1/2013, fato comunicado à Secretaria de Fazenda, ao DETRAN/DF, bem como registrado o BO na Polícia Civil do DF. A cobrança do IPVA foi suspensa pelo departamento de trânsito, no entanto, até o ajuizamento da ação judicial, persistiam as cobranças referentes ao seguro DPVAT. Pediu administrativamente a anulação dos débitos, mas, segundo informou, teve o pedido negado. Na Justiça, entrou com ação de obrigação de não fazer, cumulada com danos morais.

A juíza determinou a anulação dos débitos relativos aos anos de 2013, 2014 e 2015, no total de R$ 316,95. Quanto aos danos morais, a magistrada julgou o pedido improcedente: “os fatos narrados, embora indesejados, não configuram ofensa ao direito de personalidade da parte autora, especialmente porque seu nome não foi lançado na dívida ativa”, concluiu.

Processo: 0707345-34.2015.8.07.0016

Fonte: TJ-DFT

 

 
 
COMO FAZER VALER O SEU DIREITO:

Está com dificuldades para requerer a sua indenização do DPVAT? Teve a sua indenização negada? Acredita que os valores que recebeu são irrisórios? Se você acredita que se enquadra em alguma das situações citadas anteriormente, saiba: você tem direitos e nós podemos ajudar. Fale conosco. Nós estudaremos seu caso para fazer valer os seus direitos, podendo representar-lhe administrativamente ou perante o Poder Judiciário, conforme o caso. Saiba mais sobre nossas Atividades em Direito Administrativo e leia nossos Artigos e Notícias. Precisando de nossos trabalhos, ou em caso de dúvidas, fale conosco. Teremos prazer em atendê-lo.
 
 

Tags: 

Avaliar Conteúdo: 

Sem avaliações