Kassab proíbe celulares em bancos

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, sancionou no último sábado (27) uma lei que restringe o uso de celulares dentro de agências e postos bancários, assim como nas áreas destinadas aos caixas eletrônicos, durante o atendimento a clientes. 

A proibição, que começou a ter efeito prático hoje (29), abrange o recebimento de mensagens de texto e voz, assim como ligações atendidas e efetuadas.

O descumprimento da medida acarretará em multa de R$ 2,5 mil, que aumenta em caso de reincindência. Os estabelecimentos deverão fixar a norma em áreas visíveis às pessoas.

O objetivo da restrição é evitar o golpe da saidinha de banco. Normalmente, nesses casos um bandido dentro do banco informa o comparsa, via celular, sobre clientes que saem com grandes quantias. Perto do banco ou nas ruas do entorno, a vítima é atacada pelos ladrões - avisados por quem está dentro da agência.

Medidas assim já foram adotadas por outras cidades. Curitiba, Belo Horizonte e Salvador, por exemplo, também têm legislação semelhante.

Tags: 

Avaliar Conteúdo: 

Sem avaliações